Reparo de equipamentos eletrônicos cresce 28%

Reparo de equipamentos eletrônicos cresce 28%

Momento está ruim para o comércio, mas está ótimo para oficinas de conserto.
Em tempos de crise, consumidor está mudando o comportamento.

Se o momento é ruim para o comércio, está ótimo para as oficinas de conserto. A associação que representa 11 mil assistências técnicas em todo país constatou, neste ano, um aumento de 28% nos reparos de eletroeletrônicos em relação ao ano passado.
O que torna os jogos do computador do advogado Rodolfo Gadelh tão reais é a placa de vídeo. Por isso, quando a peça deu defeito fora da garantia ele não teve dúvida: comprou outra, mas ficou com o computador. Foi assim também com o celular: trocou uma peça de R$ 600 e continua com o aparelho, que custou R$ 2 mil. O único equipamento novinho na casa dele é a impressora. “Custa R$ 150 o conserto de uma impressora e a nova custou R$ 190. Aí neste caso foi bem melhor substituir o equipamento”.
A gerente de assistência técnica Jussara Santos passou a receber 40% mais encomendas de consertos, graças à mudança de comportamento dos consumidores. Muitas das placas são herança do tempo em que o cliente trocava de computador assim que ele apresentava qualquer defeito. Agora, elas servem para repor peças originais dos notebooks que chegam para conserto.

assistencia-tecnica-celulares-videos-games-notebooks-tablets.fw_-1

“Às vezes era problema simples, como um sistema operacional corrompido ou a falta de um determinado programa e às vezes era só ansiedade mesmo de consumir, de trocar, de querer sempre o mais novo, o mais atual”, afirma Jussara.
Há 16 anos no mercado, Luciana Lima, gerente de uma assistência técnica, nunca viu tanta procura por consertos de celulares: “Nós temos consertos simples, de R$ 80, até aqueles que custam R$ 900”.
O agrônomo Carlos Alberto Pinheiro comprou logo uma bateria nova para ficar por mais tempo com o celular antigo: “Este aparelho é mais de R$ 1 mil. A bateria custa R$ 45. Achei melhor fazer a troca, porque de imediato eu resolvo o problema”.

 

Cresce o número de Consertos em Lojas de Celulares, Aumenta o número de Serviços em Lojas de Celulares, Aumento de Consertos, Alta em consertos e Reparos, Alta em assistência Técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *